Será que deixar seus Bitcoins na carteira do site de compras é uma boa ideia? Nós neste artigo iremos discutir quais são as formas de se armazenar Bitcoins e quais os prós e contras de cada método.

Em um website: 

Bitcoins podem ser armazenados em sites de compra e venda e também em sites dedicados apenas a armazenamento e transferências.

  • Prós: simples de compreender e de usar; Não é necessário software nem fazer download da blockchain; Pode acessar a carteira de qualquer computador; Pode ser acessado por celulares.
  • Contras: Bitcoins podem ser roubados pelos administradores do site; O site pode ser atacado e suas moedas roubadas, como aconteceu ao MtGox; Se um hacker monitorar seu computador pode obter seus dados de login e transferir seus Bitcoins.

Em linhas gerais, websites são bons para armazenar pequenas quantias as quais você deseja ter acesso fácil, mas como podem ser roubados de diversas maneiras, não é um bom modo de se armazenar grandes quantias.

No seu computador, no software de Bitcoin: 

O software original do Bitcoin se chama Bitcoin Core. Existem outros softwares do tipo, como o Armory que foi desenhado para ser mais seguro. Além de fazer transações o programa permite criar um endereço para sua carteira para enviar e receber a moeda e também armazena sua chave secreta.

  • Vantagens: Fácil de entender e fácil de fazer transferências;
  • Contras: O software não é muito “user-friendly”. Pode levar horas ou dias para fazer download da blockchain e ocasionalmente podem surgir problemas que são difíceis de serem resolvidos por usuários não avançados.

Se Armazenar seus Bitcoins em seu computador, deve se lembrar de fazer backups regulares do arquivo wallet.dat. Este arquivo contém suas chaves privadas. Se perder este arquivo perderá acesso aos seus Bitcoins permanentemente.

Os métodos mais seguros são os chamados “cold storage”, que consiste em armazenar seus Bitcoins off-line, ou seja, de forma que as informações não possam ser acessadas pela internet. Veremos a seguir quais são estar opções:

Em dispositivos de armazenamento: 

Você pode armazenar Bitcoins em diversas mídias de forma off-line, ou seja, em um dispositivo sem conexão com a internet, como Pen Drives e CDs e então guardá-los em um local seguro em sua casa ou até mesmo em um cofre. Basicamente o que se faz é salvar uma cópia do arquivo wallet.dat num dispositivo externo e então apagá-lo de seu computador. Este processo deve ser feito com o software de Bitcoin fechado. Como estas mídias podem falhar o ideal é manter mais de uma cópia por segurança e, claro, em dispositivos diferentes.

  • Prós: Baixo risco de roubo, pois não há cópias online ou em computadores; Processo é simples.
  • Contras: Requer o uso do Software de Bitcoin que demora de horas a dias para baixar a blockchain; Não é user-friendly, e usuários novatos podem ter dificuldades.

Não mantenha suas chaves em seu computador ou celular. Caso ao instalar algum programa você for infectado por um vírus, seu computador pode ser escaneado e arquivos como a sua chave enviados a um hacker. Além disso há a possibilidade de que seus aparelhos sejam roubados e você perca tudo.

Em uma carteira de papel ou cartão bancário:

Bitcoins podem ser armazenados em carteiras de papel ou cartões Bitcoin. Eles são basicamente a mesma coisa. A carteira de papel é feita em papel moeda e nela estão impressos o endereço da carteira e as chaves secretas. O cartão possui um endereço Bitcoin com o endereço da carteira e uma chave que normalmente vem num cartão separado. Para gastar estes Bitcoins a chave secreta deve ser importada para um cliente Bitcoin ou inserida em um website que aceite depósitos via chaves secretas. Você pode até mesmo criar sua própria carteira de papel, cujos tutoriais podem ser encontrados online.

  • Prós: Seguro
  • Contras: Não é simples para novatos importarem as moedas; Se comprar a cédula de terceiros, eles saberão a chave secreta.

Bitcoins Físicos: 

São idênticos a carteiras de papel com a diferença que a chave está guardada em uma embalagem lacrada que precisa ser violada para acessá-la.

  • Prós: Imune a ataques de hackers; Mecanismo fácil de compreender mesmo para leigos;
  • Contras: para transações que não são cara-a-cara, é necessário violar a embalagem; São mais caros; O fabricante teve acesso à chave durante a fabricação da moeda, certifique-se de que ele é de confiança; Pode ser um golpe.

Carteira em um Hardware: 

Forma bastante segura de armazenamento. Há vários fabricantes e normalmente usa-se a entrada USB.

  • Prós: Chaves são armazenadas de forma segura e não podem ser transferidas do dispositivo na forma de texto; Imune a vírus; Pode ser usada sem necessidade de transferir para um software para utilizar a moeda.
  • Contras: Podem haver falhas de segurança no software do fabricante. Procure empresas de confiança.

Outras dicas de segurança importantes:

  • Não forneça sua senha a ninguém. Caso seja alguém realmente de confiança, não o faça por e-mails, mensagens de texto, etc. Seja precavido especialmente quando lidar com grandes quantias.
  • Se for armazenar a chave em seu computador ou quiser aumentar a segurança ao usar outros dispositivos, criptografe-a usando uma senha forte, ou seja, com letras, números e caracteres intercalados. Cuidado para não perder sua senha!
  • Habilite opções avançadas se segurança de sites de transações como verificação em duas etapas.
  • Utilize plataformas que permita que tenha acesso à suas chaves, o que garante que poderá transferi-las para um local mais seguro quando e se desejar.
  • Procure sites que utilizam carteiras com código aberto. Isto permite que outros usuários verifiquem a segurança e confiabilidade e que falhas sejam corrigidas.
  • Se estiver em dúvida sobre sites, softwares ou hardwares pesquise a respeito, procure por reviews. O Bitcoin Reddit e o Bitcoin Forum, são ótimas fontes de informação caso você compreenda inglês.
  • Utilize Multisig, que é uma opção oferecida por algumas plataformas. Ele exige múltiplas assinaturas (pelo menos duas) de diferentes usuários para autorizar transações de transferência.
  • Tome cuidado com sites de câmbio ou de wallet (carteiras) falsos, utilize sites confiáveis e amplamente conhecidos. Desconfie de promoções, e de endereços que não sejam HTTPS.

Leia também 7 Motivos para Investir em BitcoinBlockchain: o que é?

Comentários