Quer saber como se tornar Minerador de Bitcoin? Então esse artigo é para você!

O Bitcoin, desde o seu início há alguns anos atrás, obteve um crescimento muito expansivo. Antes, visto como uma moeda que não apresentaria grandes progressos e que se encontrava imersa em um ambiente digital específico, o valor do Bitcoin, como moeda virtual, passou dos níveis que eram previstos, configurando, assim, uma atividade muito lucrativa para quem trabalha com este tipo de mercado.

Mas, além da compra e transações dos Bitcoins, será que existem outras maneiras de lucrarmos com este mecanismo? Existiria alguma forma com a qual nós não precisássemos comprá-los e, sim, pudéssemos gerá-los como moedas para a carteira virtual?

Bem, a resposta é sim. Entre todas as formas com as quais podemos lidar com os ganhos monetários do Bitcoin, um dos trabalhos mais procurados é o de mineração. Mineração foi a palavra escolhida devido à estrutura que está por trás do Bitcoin, conhecida como Blockchain (block sendo bloco e chain, cadeia ou corrente), uma estrutura de dados de informações que perpassam transações com estas moedas virtuais ou qualquer outro “objeto” de troca. Além desta alusão, um outro motivo é como o fruto do trabalho se estrutura em seu funcionamento. A partir de transações de Bitcoins entre compradores, estes processos são validados e assegurados pelos mineradores que, como paralelos à mineração, limam a informação bruta para recolher as pequenas pedras preciosas. Quer saber mais sobre Blockchain?

E é nisto que o trabalho do minerador consiste, em resolver a criptografia nos blocos de informações através de seus hardwares e, assim, conseguir extrair uma porcentagem de lucro mediante a potencialidade de sua tecnologia. Como num jogo de Sudoku, quanto mais potente for a estrutura da mente, mais elaborado e desenvolto se chegará à solução final.

O investimento para uma mineração mais rentável

Talvez esteja aí o grande pulo do gato. Os mineradores que se utilizam destes programas e investimentos em suas máquinas, a cada dia mais, conseguem melhores quantias de Bitcoins para, assim, gerar lucros a longo prazo.

Hoje em dia, existem vários sites que disponibilizam estes tipos de programas de mineração, por onde se pode ter acesso às centrais de Bitcoins. Antes de ir atrás destas múltiplas opções, recomenda-se que um investimento em mineração seja feito, como a melhora do processamento do hardware e a compra de novos hardwares, estes conhecidos como Bitcoin Miners. Ainda se acresce a escolha definitiva de qual será o melhor veículo de mineração, se esta ocorrerá direto na memória do computador, em nuvem, etc.

Atualmente, através de investimentos em hardwares e programas de mineração, os custos para trabalhar com Bitcoins pode ser vantajoso, pois, boa parte dos mineradores acabam por aprender a equilibrar os seus gastos principais. Um dos principais gastos, que também ficou conhecido como o principal motivo para não minerar apenas com um computador convencional, é a energia. Hoje em dia, no Brasil, os valores sobre as taxas de watts estão crescentes a cada dia, o que dificulta esta tarefa de mineração.

Programas para a Mineração de Bitcoins

Um dos principais e mais utilizados programas de mineração se chama HashFlare. Ele permite que seus usuários mineradores consigam desenvolver moedas Ethereum da mesma forma que se obtêm os Bitcoins, ou seja, a partir das moedas Ethereum mineradas, o usuário poderá, assim, converter para Bitcoins e reverter o seu lucro em dinheiro físico.

Outros programas, tais como CG Miner e EasyMiney, possuem também ótimas vantagens de mineração. Entretanto, são requisitados conhecimentos específicos sobre o tema em questão, visto que para trabalhar como minerador, são necessários bons conhecimentos em tecnologia da informação e nas propostas de investimento, incluindo uma reformulação, quase sempre, das memórias de processamento dos computadores. Quanto mais eficiente a capacidade de processamento destas máquinas, mais rápidos serão os lucros minerados.

Saiba Tudo sobre Blockchain e quais são os 6 Melhores Livros sobre Bitcoin.

Comentários